07
Dez 12

Desde os tempos que inventaram o cinema e mais tarde a televisão, que os livros têm vindo a ser adaptados para estes dois meios. Quase todos os livros acabam um dia no grande ou pequeno ecrã, principalmente aqueles que são populares como Jane Eyre. Apesar dos ingleses terem um mundo teatral bastante activo, são muito raras as peças de teatro que adaptam livros clássicos, talvez por existirem muitas peças de teatro para serem levadas ao palco deixe de lado estas produções ou talvez seja o excesso de adaptações quer para cinema quer para televisão.

 Há ainda alguns que tem a ousadia e a coragem de agarrar um livro e torná-lo um musical. Se não é fácil dar imagens às palavras deve ser ainda mais difícil dar-lhes música. Mas isso não tem impedido muitos de tentarem os resultados, dos que conheço, são bastantes bons.

 

Um dia no longínquo ano de 1995, Paul Gordon e John Caird começaram a trabalhar naquilo que seria um musical feito a partir da obra imortal de Charlotte Brontë. Começou como uma coisa pequena em Toronto ( quem vê Smash, sabe que não é fácil fazer um musical) e chegou à Broadway.

Pelo caminho algumas coisas foram mudando, como não podia deixar de ser.

Ao contrário de outros musicais que fazem furor no palco e vão para o grande ecrã Jane Eyre continuou apenas em palco. Teve no entanto, boas reviews e os japoneses não resistiram a levá-la para os seus palcos.

Se quiserem saber mais, por favor, vejam a página da Wikipédia: Jane Eyre, the Musical

 

Eu adoro musicais e ter tido a possibilidade, ainda que seja só de ouvir, um musical inspirado num livro que adoro, foi uma experiencia fascinante. Durante dias, ouvi pouco mais que as músicas num constante repeat.

 

As vozes de Marla Schaffel e James Barbour, que interpretam a Jane e o Rochester, são fabulosas. Tenho pena que este musical não tenha chegado aos ecrãs, mas ainda bem que não chegou porque de certeza que iam escolher actores que não sabem cantar e iam estragar o excelente trabalho dos actores de palco.

 

Se quiserem ouvir, vejam este video, o primeiro de vários que apesar de manhosos dá uma ideia do musical. O único senão destes videos é faltar a parte da infância de Jane.

 

 

 Marla Schaffel e James Barbour. Crédito da foto: Playbill

 

publicado por Vera às 13:07

pesquisar
 
Posts mais comentados
7 comentários
6 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
Visitas
web counter free
blogs SAPO